in ,

Curso de ‘Artes Com Fitas’ forma novas turmas

Curso de Artes Com Fitas forma novas turmas

Curso de ‘Artes Com Fitas’ forma novas turmas

Nesta quarta-feira (5) foi realizada a formatura de mais turmas do curso de Arte Com Fitas, oferecido gratuitamente pelo Fundo Social de Solidariedade em parceria com a empresa PHFit. Além das formadas no Clube da Melhor Idade, receberam diploma pessoas do CAS (Centro de Atendimento Social), do Jardim São Jorge. Ao todo, 57 cidadãs obtiveram o certificado de conclusão do curso.

Pelo Clube foram mais 20 mulheres com qualificação em materiais de bordado ministrada pela professora Silmara Godoi, que até hoje formou mais de 500 pessoas. Além delas, houve nova turma com 12 integrantes do grupo Amavi (Amigas da Mama, Amigas da Vida). Pelo CAS, foram mais 25 pessoas. A cerimônia de formatura das turmas foi unificada e ocorreu no Espaço de Artesanato do Clube da Melhor Idade.

O evento de formatura teve as presenças da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza, da coordenadora do Clube da Melhor Idade, Cristiane Mareschi Barbosa, da coordenadora do CAS, Solange Paulon, e de André Faganello, chefe de gabinete da Prefeitura e representando na ocasião o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza.

O foco do curso foi trabalhar com enfeites e materiais realizados em toalhas e guardanapos, para que as pessoas pudessem aprender um passatempo, ou mesmo adquirir o conhecimento para produzir artesanato e assim gerar renda própria. “Essa parceria tem dado muito certo e se tornou um projeto duradouro, com mais de 500 pessoas formadas até agora”, destaca a professora Silmara Godói.

Instalada em Nova Odessa e líder na América Latina na produção de fitas têxteis rígidas, a PHFit mantém a parceria com a Prefeitura desde 2013, fornecendo material para utilização durante os cursos. “É um trabalho muito bonito e feito com pessoas que realmente precisam”, acrescenta a coordenadora do CAS, Solange Paulon. “A Administração tem um olhar diferenciado nesse sentido”, emenda.

Parcerias – Para o chefe de gabinete da Prefeitura, trabalhar com auxílio de parcerias da iniciativa privada é uma solução prática importante. “Administrar em um cenário sem muitos recursos, devido aos reflexos ruins da crise que atinge o país, faz necessário buscar a criatividade. E são essenciais parcerias como essa da Prefeitura com a PHFit”, cita André Faganello.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social ressalta a importância de o Município oferecer a qualificação gratuita. “O artesanato é uma paixão e que transforma pra melhor a vida das pessoas”, ressalta Andréa Souza. “A Administração Municipal tem se empenhado em continuar oferecendo esses cursos e oficinas, investindo nas pessoas. O Governo do Prefeito Bill acredita no cidadão”, completa.

Uma das participantes do curso de Artes Com Fitas é Débora de Souza, de 50 anos. “Foi através de cursos com esse que comecei a desenvolver o aprendizado”, destaca. A munícipe aprendeu a confeccionar objetos e desde então tem conseguido renda adicional com as vendas. “Depois que iniciei o curso já fiz várias coisas pra vender”, reforça.

Outra que se formou é Antônia Araújo, 44. “Fiz (o curso) mais pra produzir e vender, porque gosto de aprender”, cita. “Tem gente que não valoriza esse trabalho manual, mas é importante a Prefeitura dar a qualificação gratuita às pessoas”, enaltece. A moradora afirma que o artesanato é uma opção de vida. “Tenho problema de saúde e não posso trabalhar fora, então me ajuda muito”, finaliza.

Já para Marlene Pereira de Souza, de 46 anos, o curso de Artes Com Fitas tem duplo propósito. “Pra mim é uma terapia e ao mesmo tempo consigo vender, ganhando um dinheiro”, confirma. Artesã utilizando materiais derivados de borracha como o e.v.a. (etil, vinil e acetato), ela adquiriu novos conhecimentos. “Aprendi tudo com esse novo curso. É muito bom mesmo”, completa.