in ,

Aula experimental de Yoga reúne mais de 120 pessoas

Aula experimental de Yoga re?ne mais de 120 pessoas

Aula experimental de Yoga reúne mais de 120 pessoas

Mais de 120 pessoas, de todas as idades, participaram na noite de segunda-feira (29) da aula experimental gratuita de Yôga, promovida no Clube da Melhor Idade de Nova Odessa. A Prefeitura promoveu a aula como demonstração e para mapear a demanda existente pela modalidade, ministrada pelo professor Romildo Pereira. Agora a Administração Municipal estuda maneiras de viabilizar aulas para o 2º semestre.

Praticante da disciplina há 15 anos, o professor cita que a Yôga disponibilizada aos novaodessenses é do tipo Pré-clássico, que tem mais de 5 mil anos de existência. “Trabalha físico, mental e emocional”, resume Romildo Pereira. Segundo ele, é buscada harmonia entre os três elementos. “Proporciona muitos benefícios físicos, como melhora em problemas com tireoide, enxaqueca e depressão”, cita.

De acordo com o professor, a Yôga também auxilia as pessoas a terem foco em suas vidas. “Mas o forte mesmo desse Yôga é a respiração”, frisa Romildo. Conforme ele detalha, o objetivo principal é alcançar o último estágio, que é a meditação. “É uma prática que não tem idade. Cada um faz no seu limite. Seja um idoso com 80 anos de idade ou uma grávida de 8 meses”, completa.

Coordenadora do Clube da Melhor Idade, Cristiane Mareschi Barbosa disse que a Prefeitura estuda maneiras de viabilizar aulas para o segundo semestre. “Essa aula foi experimental, para confirmar a demanda existente pela Yôga”, cita. “Como percebemos o interesse das pessoas, agora estaremos buscando maneiras contratuais de oferecer essa modalidade no segundo semestre”, reforça Mareschi.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza, destaca a disponibilidade da disciplina gratuitamente. “Mesmo em tempos difíceis e de crise econômica que o país vive, prejudicando as prefeituras, a Administração Municipal não deixa de oferecer qualidade de vida às pessoas”, ressalta. “A Yôga é ótima, traz muitos benefícios para a vida das famílias”, finaliza.

A psicóloga Daiane Ruiz, de 29 anos, nunca havia tido contato com a prática e veio à aula experimental de Yôga com a mãe.  “Eu adorei, é muito bom para o corpo e a mente”, completa. Mais de 500 munícipes de idades variadas, a partir dos 16 anos, já participam de aulas diárias de ritmos (zumba) e ginástica localizada no Clube da Melhor Idade. Os interessados em fazer as aulas de Yôga podem entrar em contato pelo telefone (19) 3476-6053 para obter mais informações.