in ,

Ações de combate ao Aedes aegypti

A?ães de combate ao Aedes aegypti

Ações de combate ao Aedes aegypti

A Vigilância em Saúde de Nova Odessa está realizando uma série de ações de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. Desde maio, agentes de endemias e de saúde intensificaram as visitas nas casas para identificar possíveis criadouros do mosquito e, também, orientar a população.

 

Professora responsável pela IEC (Informação, Educação e Comunicação), Meria Aparecida Soares Brito de Jesus explicou que já foram visitadas cerca de 400 casas nos bairros Jardim Maria Helena e Klavin. “Temos um cronograma para que a ação aconteça em outras áreas da cidade no decorrer do ano”, explicou.

 

Segundo ela, quando encontrado algum criadouro, o mesmo é retirado, com autorização do morador, e levado até o Ecoponto do Jardim Monte das Oliveiras, local apropriado para o descarte de entulhos.

 

“O trabalho dos agentes é de orientar os moradores a serem cuidadosos e não deixarem criadouros em suas residências. O nosso trabalho não para e estamos constantemente orientando a população de que a maneira mais eficaz de eliminar o Aedes Aegypti é através da prevenção”, afirmou Meria.

 

Responsável em coordenar a equipe de trabalho, Leoncio Neves Ferreira frisou que a colaboração dos moradores é de extrema importância para o combate ao mosquito. “Sem criadouro o mosquito não nasce”, disse.

 

AGENTES MIRINS – Além da ação com os moradores, a IEC também tem trabalho o assunto junto aos alunos da rede pública de ensino. Recentemente os alunos dos terceiros anos do ensino fundamental realizaram passeatas e entrega de um guia com orientações sobre como eliminar os criadouros nas residências.

 

“Espero que as pessoas realmente se conscientizem e coloquem em prática as ações que estão sendo desenvolvidas. Estamos levando informações através das crianças e da equipe de Zoonoses. Agora, cabe a cada indivíduo fazer a sua parte”, finalizou.